quinta-feira, 30 de junho de 2016

Alvoroço -(poema )

    Há um alvoroço
na paisagem
da manhã

um alvoroço
de voos
     circulares
nas alturas
e em rasantes mergulhos pelo ar

uma euforia
       contagiante !

(não há como ficar
                    indiferente)

-são as andorinhas
-que fazem ninho
                no beiral .

28/6/16


De repente- (poema)

de onde ele vem ?
não me perguntem
nem eu bem o sei.

surge de um lampejo
         de um sonho
         ou devaneio
 -surge do nada

de repente ele vem.

sorrateiro
se instala
escorre da ideia
para o papel

de repente ele vem !

sorrateiro
-o poema-
de repente ele vem.

27/6/2016


   

Flores -fotografia

Primeiras flores de uma nova Sete Léguas

Silêncio -poema

silêncio tranquilo
paz de brisa mansinha

azul na tarde
de um frescor
quase friagem

e eu comigo
a sonhar
num repouso em mim

8/4/2015
foto sonia a.

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Brincadeira Digital -Monstrinho

junho /2016

Série Objetos -Figuras Femininas-fotografia

--5 figuras femininas
                                                                            --  9 figuras femininas

Guarda chuvas ou sombrinhas hoje ?

óleo sobre tela 
                                                                   0,50 m x 0,60 m
                                                                sonia a.

quinta-feira, 2 de junho de 2016

JUNHO -poema


É de junho que lhes falo...

da fogueira
do pinhão
vinho quente
ou quentão

da saia de chita rodada
palha no chapéu de banda
face rosa afogueada
e tranças em meus cabelos

sanfoneiro
e paixão

do frio no terreiro
e calor no coração
festança com quadrilha
padre casamenteiro
e balão .

É de junho que lhes falo...